sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Quinta-craft: reformando móveis - Parte 2

É sexta... eu sei! Mas foi como deu! Lourenço ontem passou mal, com vômitos e cuidados desta natureza! Então não foi no colégio e eu aproveitei para fazer várias coisas em casa (geléia de morango, huuuuum, descascar todas as ervilhas fresquinhas que chegaram na feira, e assistir minha nova série favorita: Downton Abbey), já que não tinha que sair correndo para levar e buscar. E depois quis passar um tempo brincando com todos... depois já os banhos... e passou o dia voando! E de molho em casa... o sol lá fora brilhava e convidava sair, ir na praça, se sujar na areia, dar umas voltas por aí, ficará para outro dia.

A saga do amarelão continua!


Bem, seguimos aqui com o móvel. Faltava terminar de pintar os pés do móvel, terminei!
As dobradiças apesar de estarem um pouco tortinhas e cheia de oxidação, seguimos usando as mesmas. A única coisa que eu fiz foi "lixar" elas com bom-bril seco, e funcionou que é uma maravilha.

À direitas lixadas, à esquerda sem lixar.
Colocamos dentro de casa, e fizemos um teste com a tela de mosquiteiro que havia comentado no outro post. Mas ficaria muito esquisito, como diz minha irmã, "muita informação num mesmo lugar". Amarelo, cheio de livros e outros apetrechos, e ainda com essa tela mosquiteira. E a lateral das estantes eram muito feias, e ficaria tudo aparente, não gostei.
Mas não queríamos mais tocar no móvel, hoje chamei um carpinteiro para tirar as medidas da lateral e me dar uma opinião melhor sobre o móvel. No dia seguinte que havíamos colocado as portas e prateleiras, Olivia fez o favor de fuçar no móvel, derrubou todas as prateleiras e quebrou uma lateral... Parece brincadeira. Mas enfim, acontece.
O que o carpinteiro disse foi que, para colocar a lateral terá que tirar o piso do armário e o fundo, colocar as laterais, colar tudo e depois voltar armar. Mais ou menos isso, depende do que encontrar quando comece a fazer o serviço. Depois na realidade eu fiquei pensando, não é de todo difícil, é um trabalhão, isso sim. Acontece que eu e Petrus já não temos mais conhecimento para tal e na realidade já tenho até medo de mexer no móvel. O que mais quero é vê-lo pronto e com todos os meus livros e badulaques dentro, sem caixas no piso e a casa mais ou menos no lugar. Mas depois ainda terá a pintura das laterais. Então imagino que mais ou menos em 2 semanas estará pronto. Porque entre que passe as mãos de tinta, lixar, mãos de tinta, lixar na mísera 1 hora que tenho por dia livre... demora um pouco.

Agora vamos esperar as laterais, depois mais umas quantas mãos de tinta e já tcharam, poderemos usar, depois faltará o vidro... Então a saga continua!

Beijos,
Caro e cia.

Acompanhe a Parte 1 do móvel!

Nenhum comentário:

Postar um comentário