quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Essas crianças...

Oi minha gente!
Esta semana estamos de férias em casa... coisa boa poder compartilhar um tempo relax com marido em casa, mesmo que não saímos oficialmente de férias devido a vários acontecimentos com nossos vistos permanentes e outros documentos afins, mas Deus em tudo tem seu propósito. Hoje mesmo fizemos passeios pela cidade, aproveitando o sol quentinho que saiu. Como Deus é bom, nosso tempo em família é sempre precioso, e eu vejo que todo o investimento que fazemos com nossos filhos de levá-los para mais perto de Cristo é sempre uma alegria no nosso coração. Mesmo que as vezes parece que dá tudo errado... e as vezes dá, pq as fotos do blog deles lindos, com cara de fofo, sem meleca no nariz, sem cara de birra, sem brigar é só uma parte da vida. O restante é igual que na casa de todo mundo: não querem dividir brinquedos, não querem comer, tirar pijama colocar roupa é uma epopeia, todas essas coisas tb passam por aqui. Mas a gente procura dentro da nossa imperfeição como pais apontar o máximo para Cristo, para que um dia possamos olhar a vida deles agora e quando adultos e poder dizer:


"Não tenho maior gozo do que este, o de ouvir que os meus filhos andam na verdade."
3 João 1:4


Bueno, queria contar que esses dois andam de dar nó em pingo d´água! Essa semana Lourenço queimou a mão pela primeira vez... o guri agarrou uma brasa quente da churrasqueira! Ai, como eu tenho medo dessa coisa de queimadura. Chorou, chorou, chorou... E tb escandalizou, escandalizou, escandalizou pq é artista. Mas ficou feinha, com bolha e tudo, justo no polegar que ele gosta de chupar.

Bem, no dia seguinte ainda estava meio mal, mas já dava para brincar e dar uma chupadinha de dedo, e tudo corria bem na "recuperação" do dedo que recebeu até curativo.


Não obstante, a nossa pequena indiazinha selvagem começou com uma cena que vocês não acreditam: agarrava a mão igual que Lourenço e "chorava" e fazia caras-e-bocas pq tb tinha "queimado" o dedo, fez a primeira vez qdo Lourenço contava para o zelador do prédio tudo que tinha passado com ele. Qdo olho para o carrinho a pequena fazendo toda essa cena. Uma pena que todo esse drama da Olivia dura só uns segundos, mas a dona moça é a rainha da encenação, vocês não podem crer. Outro dia comentávamos como ela já fazia um montão de coisas, boas e más, igual que Lourenço. Dai eu tive que dizer para Petrus, não é que ela faz um monte de coisas, o pior é que ela só tem 1 ano e 4 meses e já faz um montão de coisas que o Lourenço só foi fazer com 2 anos adiante.


Por favor, alguém tem alguma receita para fazer parar de crescer? Não posso vê-los crescendo! Quero todos pequenos (eu? egoísta? Não)! (Tb quero um clone meu para me ajudar com ele). Dá uma coisa que estão crescendo tão rápido.

Beijos, Caro



Nenhum comentário:

Postar um comentário