quarta-feira, 6 de abril de 2011

Não é fácil ser um ET ** Um desabafo de final de gestação ** editado

Ai meninas... entendam, por favor, este post como um desabafo de final de gestação! Pode ser que depois que a Olívia nasça até pareça ridículo, mas neste momento estou precisando "falar" um pouco, EM CLARO E BOM PORTUGUÊS (pq já estou com dificuldades de me comunicar em espanhol... todo meu cérebro está voltado para meu umbigo protuberante), que ando me sentindo um ET por completo!

Acho que toda gestante já passou por isso e continuará passando por situações em que se sente/sentiu um ET ambulante! ENTÃO NÃO FAÇA ESTAS PERGUNTAS PARA UMA GESTANTE, MUITO MENOS PARA UMA QUE ESTÁ POR PARIR!!!

- Comentários sobre o tamanho (enorme) da minha barriga! Eu não sei QUANTAS vezes eu já respondi que N-Ã-O espero gêmeos! Segundo meu obstetra, as pessoas são muito más e falam demais E EU CONCORDO SEM TIRAR NEM COLOCAR. Eu sou um ser previlegiado de 1,55m (cada pessoa tem suas qualidades, a minha é ser baixinha e não tenho nenhuma bronca com isso). O que esperam as pessoas, que minha barriga seja esparramada em um abdomem comprido? hahahahahahahahaha me poupem...

- Quando é a Data Provável de Parto (DPP)? Isso eu não divulgo! Não é da conta de ninguém querer "programar" quando nascem meus filhos, isso é da conta de Deus. Nascem quando estão prontos para nascer!

- Já fez curso pré-natal/ pré-parto ou qq outra coisa do gênero? Tem gente q fica com cara de indignada quando respondo que NÃO! Tirando 1 ou outra dica útil que tem esses cursos (curso padrão de hospital), que poderiam estar em um e-mail ou então na própria consulta com um BOM obstetra ou pediatra (seres em extinção), eu não vejo nenhuma utilidade. O despreparo de uma mulher recém parida de seu primeiro filho é que fará que ela busque a Deus para encontrar paz, tranquilidade e sabedoria nestes momentos, e também meios de se adaptar, conhecer seu filho, de encontrar como todos se adaptam neste novo começo de vida: o de uma mãe e sua cria!

- Já tem a mala pronta? Essa ouço desde que tenho 7 meses de gestação! A resposta é NÃO! Meu marido disse uma coisa bem sábia: mas não precisa roupa pra parir, prá que se preocupar com uma mala tanto assim? Concordo sem tirar nem colocar! - Já está tudo arrumado para a chegada do bebê ou se já montei o bercinho ou se já qq outra coisa? Não. Eu já lavei tudo, isso sim! Mas a Olívia só deve ir para o quarto dela e do Lourenço em Junho (vamos receber reforços da família e preciso acomodar todos), pq eu vou montar o dito berço? Pra juntar pó, só pode ser isso! Outra, viemos ao mundo pelados, precisando apenas ser vestidos, amamentados e cuidados, onde existe a necessidade de ao nascer já se ter tudo? Tem que ter carrinho, tem que ter isso e aquilo! Claro que um pouco de organização é preciso. Mas muitas "necessidades" não são exatamente "necessidades do bebê".

- É menina ou menino? Menina!
- Que lindo, o casalzinho e deu! Dai eu respondo que por enquanto pretendemos ter 3 filhos. Dai a pessoa olha com cara de sapo que comeu banana verde! Porque se tenho menino e menina já tenho que estar terminada. Se tivesse só menino iam dizer: depois vai tentar a menina então, ou o contrário! Ai meus sais! Quanta bobagem, como se só ter filhos de um mesmo sexo não nos tornasse mães completas! Imagina o complexo da pobre criatura: "sou meio-mãe, pq só me nasceram meninas, buáááááááááá". hahahaha escrevendo fica até engraçado! É muito provável que no próximo filho não vou querer saber!

- Algumas outras raridades de perguntas, mas as mais freqüentes são estas, por isso elas me deixam loucas! Explico porque: quem disse que todas as mulheres e famílias precisam agir e se comportar como todas as mulheres e famílias? Eu não sou todas as mulheres, e não quero ser. Sou apenas a Caro, Carô, Carol, Caroline mãe do Lourenço e da Olívia... no meu ritmo (q é devagar) e só isso!

Se você me fez alguma dessas perguntas, por favor, não me faça mais e compreenda que há 8 meses eu ouço elas, e ainda tenho que ficar com 'aquela cara de paisagem amarela'! Se você também leu até aqui, parabéns! Você é muito minha amiga e espero que deseje me compreender e entendo que tem os melhores desejos para nossa pequena família! Era isso, Caro.

Um comentário:

emy disse...

ai, meu pai! tb não entendo por que as pessoas querem q a gente se encaixe num padrão que elas criam na cabeça delas. Parece q quando vc tem um casal de filhos, vc é a criatura mais abençoada do mundo. Coitadas daquelas q optam por não ter filhos... devem ser vistas com piedade! Acho tudo uma bobagem! Tem muitos jeitos de ser feliz! bjinhos e adorei o post! =)

Postar um comentário