domingo, 30 de maio de 2010

Sábado!

Chove lá fora... o dia todo.
Nós, as caixas e o Lourenço dodóizinho!
Tomou vacina da Gripe A e ficou ruim.
Largamos as caixas e ficamos com o gordinho, fazendo todas as suas vontades!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Quarto do Horror

Acabo de abrir umas 4 caixas... deu aquela vontade de tocar TUDO fora! Meia dúzia se salvava e SÓ! Elas estão localizadas junto com outras 10 caixas no quarto do horror aqui de casa!
Mas vamos lá... minha teoria dos cacarecos andarilhos está recebendo mais volume... e mais volume.

Preciso de uma manicure.


Esta é a situação atual do tal do quartinho, em todas as caixas têm coisas que não sei onde vão, ainda.

Tinha me esquecido desta foto... "MIENTRAS" mexíamos nas caixas, Lourenço tratava de dirigir a máquina de costura... e nos levava longe da bagunça!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

2 anos LOURENÇO


Foto no dia do aniversário.

Lourenço, meu amor!

Era segunda-feira quando tu nasceste, fazia friozinho, papai cuidou pra deixar o ambiente quentinho pra quando tu chegasse. Mamãe, no último das forças, mais um pouquinho e tu nasceste. Lindo, todo vermelhinho, deu uma chorada e logo parou com aqueles olhos pretos, profundos, olhando aquele universo colorido que se abriu na tua frente.

Chegou pra alegrar nossa vida, no meio de algumas caixas da última mudança que havíamos feito semanas antes. Não podia ser diferente. Papai e mamãe ficaram pasmos com a tua beleza ruiva, com o teu soninho de bebezico, com o bocejar gracioso. Eras todo lindo!

Com o tempo foi crescendo, firmando a cabecinha, aprendendo a sorrir, a dormir mais a noite, adoravas deitar no quintal e olhar o céu azul de Atibaia.

Com o tempo descobriu que existia um cara muito legal que estava sempre com a "grande teta sagrada", era o teu pai junto com tua mãe. Descobriu também, que na nossa casa morava um ser que andava nas 4 patas, que não falava, mas latia, era a Mafalda, um ser muito especial.

Depois foi se encantando com as outras pessoas, mas isso não era sinônimo que elas podiam te pegar, era apenas para olhar. Uma porque tu não gostavas, e outra porque mamãe te queria só pra ela.

Começou a sentar, a comer comidinhas, a engatinhar, de alguma maneira sabia quem eram todas as vós, vôs, tias, tios e primos que moravam longe. Tinha um carinho enorme pelos amigos de papai e mamãe, sentimentos não precisam ser falados, são sentidos e observados.

Nos mudamos novamente, certamente a alegria de ver novas caixas te ajudou a dar os primeiros passos, e a falar baba para papai e memê pra comer! Quantas mudanças aconteceram contigo, as vezes ficamos bobos olhando tu brincando, falando, comendo sozinho, subindo e descendo sofá, cadeira, cama, com os mesmo olhinhos pretos profundos... mas sabemos que nada passa despercebido aos olhos do Pai...

"Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.(...) Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia. " Salmo 139:14,16

Se tu aprendeste tantas coisas nestes 2 anos, imagina a mamãe e papai! Aprenderam a amar incodicionalmente, mesmo com sono, mesmo doentes, mesmo cansados, mesmo com um monte de coisas pra fazer, mesmo com birras e desobediências.

Aprenderam que é mais importante brincar junto do que só estar junto, aprenderam a compartir tempo, a doar-se, a preferir o outro do que a si mesmo.

Aprenderam que Deus te ama mais que papai e mamãe, e por isso precisas de uma disciplina de vez em quando. Que mesmo pequenino e lindo precisa que Jesus lave seus pecados e te deixe limpo como a neve branquinha.

A trocar fralda em 1 min., tomar banho e vestir-se em 5 min com dente escovado, cabelo penteado e um incentivo de berros teus... pela maldade de 5 min sozinho no carrinho...

Uma coisa papai e mamãe desejam, não só nestes 2 anos, mas para toda tua vida.

"Confia no Senhor as tuas obras, e os seus desígnios serão estabelecidos." Prov. 16:3

Este é o melhor caminho a seguir e o melhor que podemos trilhar junto contigo.

Te amamos gordo!

Aniversário Petrus e Lourenço.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Simple Life!

Depois de 7 mudanças desde que casamos (sem contar as 2x que já moramos em hotel) sempre fazemos revisão nos cacarecos, e encontramos coisas em excesso, papéis desnecessários, roupas esquecidas no fundo do armário, e uma imensidão de outras porcarias escondidas. Algumas a gente dá, outras tem que ir fora, e outras seguem mudando conosco literalmente.

Depois de 30 dias sem móveis e utensílios estamos um pouco mudados em relação a tudo isso! Percebemos que podemos viver com bem menos coisas do que podíamos imaginar, que podemos ser mais simples no viver que não faltará nada de conforto e comodidade. Descobrimos que guardamos coisas simplesmente pelo fato que foi o Fulano quem deu, algum dia ele pode vir a nossa casa, e a gente já despachou... "Ah, então guarda", desses Fulanos ai, tem gente que até já morreu. E assim vai. Ou ainda, guardamos porque um dia vamos precisar pra tal coisa, e o tal dia nunca chega... nem lembro para quê tal coisa, era essa coisa.

Tenho que confessar que ao abrir algumas caixas entrei num processo de ira, que demorou algumas horas pra passar. Porque perdi o maior tempão abrindo uma caixa de 1m. de altura, as mãos carecendo de um tratamento intensivo de manicure, com alergia na mão... e a caixa só tinha 2 itens úteis. O resto era parte das coisas que seguem mudando conosco e que não tem utilidade no dia-a-dia.

Estamos em um processo de renovo... algumas coisas não ficarão dentro de casa. Serão doadas, serão recicladas, outras serão organizadas de maneira que façam parte do dia-a-dia da casa... E algumas seguirão por um período de avaliação. Depois deste período terá seu destino. Não dá pra sair imune depois de uma experiência dessas... Jesus viveu com muito pouco e impactou um mundo inteiro, não só pela simplicidade, mas pela nova vida que Ele pode nos dar através do Seu sacrifício na Cruz...

E nós juntando cacareco que não vamos levar pro céu... tenha dó! Já disse para o Petrus, se abrir uma caixa e estiver com mais cacarecos que coisas utilizáveis... vai tudo pro lixo sem olhar o resto!

Para deixar registrado: dos 30 dias que ficamos sem móveis, choveu apenas 2, e acho que tivemos 1 semana de dias mais frios! Deus é muito bom... cuidou para que fossem dias maravilhosos!

Na minha contagem de caixas, tínhamos 52... descobri mais 4 escondidinhas no quartinho dos fundos, então são 56... mas já despachamos 20! E todas as louças foram lavadas... pela lavalouças... hum, ok... ela tem seu mérito!

aiai, já fiz minha declaração dramática argentiníssima! Deixa eu ir, amanhã temos festinha dos rapazes da casa... com caixinhas obvio... vou lá buscar uma fonte que queimei por ser 110v. Já queimei 2 fontes e um despertador... o universo elétrico conspira contra mim!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

E começa a maratona das caixas

Já despachei 6 de 52...

Também não vou me matar! Já passamos 30 dias sem móveis, não vai ser pro findi que estará tudo arrumado! hehehehe

Vamos ter festa de aniversário dos homens com caixinhas por aqui e ali...

segunda-feira, 17 de maio de 2010

CHEGARAM NOSSOS MÓVEEEEEEEEIS

Chegaram nossos móveis! Quase não podia acreditar!
Mãos a obra! Feliz da vida!
Depois tiro uma fotinho do work in process!
Beijos.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

DRAMÁTICOS! Muito dramáticos!

Argentinos são muito dramáticos.

Para tudo: política, futebol, trânsito, cachorros, sei lá... outro dia lí num blog de um brasileiro que viveu aqui onde ele diz: "Os sentimentos são sempre levados aos extremos. Não existe meio termo. Até algo simples, como tomar um sorvete, pode ser uma questão de vida ou morte" (www.cafeconmedialunas.blogspot.com).

Esta semana presenciei um momento de argentinismo no ônibus....
Tomamos o bus, Lourenço e eu, entrou um sr. vendendo alguma coisa (como sempre tem nos ônibus, trens, metrôs). Ele contou uma história sobre a decadência da cidade industrial de Pilar, de como estava acontecendo ao longo das últimas décadas a invasão dos produtos importados e consequente quebradeira das indústrias nacionais. E falou que os argentinos estavam colocando lixo importado nas suas casas, que o idealismo argentino isso e aquilo, e blá, blá, blá... muito dramático.

Eu só pensava, o que vem depois de todo este chorôrô... ele estava vendendo linhas, eram pacotinhos de linhas de 5 ou 2 unidades. Era o jeito do vendedor chamar atenção pro seu produto, um jeito super argentino, nada mais a declarar.

No fundo, no fundo, o Lourenço é praticamente argentino: porque é MUITO dramático... não vou citar qual tia ele puxou... deixa assim!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Lourenço falante

Vocês acreditam que o Lourenço completa 2 anos este mês. Meu bebê está virando criança "gente grande", que coisa! Mas tudo bem... o Petrus disse que pra passar isso tenho que arrumar outro bebê. Muito prático este meu marido!

Está sendo um período de descobertas do Lourenço com palavras novas! Eu acho o máximo, tomo nota das palavras que vão saindo, pra não esquecer como é fofa esta fase:

Caco - macaco
Cóú - Colo
Cói - Corre!
Pão ele fala direitinho, fofo
Piá - pelado
Pomba ou paloma (em espanhol)
Tem - trêm ou ônibus
popopõe - pôr
auá - água
E outras como vrum, cocó, xixi, cocô, papá, nenê.

Situação engraçada desta semana: estava arrumando o Lourenço pra dar banho, tirei o tênis e eis que o Lourenço vê um arroz grudado na sola e diz:
- Papááááá
Arrancou o arroz e comeu. Não deu nem tempo de dizer não.

Petrus e Lourenço - zôológico.